sexta-feira, 25 de fevereiro de 2011

Desafio:Tirar a moeda debaixo do copo



Divulgando : www.manualdomundo.com.br - Dicas de sobrevivência em um Mundo Cruel.

“A Gentlemen’s Duel” - Um belo curta animado

riado em 2006, pela Blur Studio, o curta “A Gentlemen’s Duel” é uma verdadeira obra de arte. A empresa resolveu fazer algo inovador que, em apenas 7 minutos, pudesse criar uma história que conquistasse as pessoas.
O vídeo foi um sucesso no mundo todo, porém, eu ainda não tinha visto e estou compartilhando com vocês só agora. Vale a pena, sabendo um pouco de inglês já basta para entender tudo…




Novo Comercial da Nike com Bruce Wiliis e direção de Robert Rodriguez

 E conta com um cast de peso, Kanye West, Kobe Bryant, Danny Trejo e Robert Rodrigues.

quinta-feira, 24 de fevereiro de 2011

História Atual.

Muita gente não entendeu o que aconteceu no Egito durante esse período que Mubarak ficou no poder.Um amigo egípcio me mandou em poucas palavras a explicação:leia e veja como é facil entender !!!!


نور اگر رفت سایه پیدا نیست
نقش دیوار و چشم خیره ما
نقش سایه دگر نمی دان
نور اگر رفت سایه پیدا نیست
نقش دیوار و چشم خیره ما

نور اگر رفت سایه پیدا نیست
ت سایه پیدا نیست
نقش دیوار و چشم خیره ما
نقش سایه دگر نمی دان

نور اگر رفت سایه پیدا نیست
نقش دیوار و چشم خیره ما

نور اگر رفت سایه پیدا نیست
نور اگر رفت سایه پیدا نیست
نقش دیوار و چشم خیره ما

نور اگر رفت سایه پیدا نیست
ت سایه پیدا نیست

ت سایه پیدا نیست
Posteriormente eu conto o que etá acontecendo na Líbia...aguarde


Via: Livremente adaptado do LargadoemGuarapari.

quarta-feira, 23 de fevereiro de 2011

Duvida???

E no concurso da FHEMIG (Fundação Hospitalar do Estado de Minas Gerais)
Duvida? Clique AQUI.

É filho do Sr. Johnny Walker Gold Label com a Dona Vodka Smirnoff..da família Diageo....ou não.

Via: KIBELOKO - Enviado por Nil Filho.

terça-feira, 22 de fevereiro de 2011

Videozinhos instrutivos ( ou não )

Bem vindo ao Mundo ....



Esta é uma propaganda para promover a banda Bastard Fairies. Simplesmente fodástico...fiquei até curioso prá ouvir o som da banda..



Penn e Teller em dose tripla:dessa vez falando da bíblia !!!

Parte 1



Parte 2



Parte 3



Alborghetti - O Óleo de Israel



Valeu...espero ter ajudado a destruir um pouquinho de sua fé em coisas idiotas.Acredite em você...faça em si próprio o milagre acontecer !!!!

Dead Island - Trailler oficial do game mais fodástico já visto. !!!! ( + 18)

Bill Maher - Analogia entre o Socialismo e o Capitalismo representados pelo Futebol Americano e o Baseball,respectivamente.


Clique no CC no e poderá ler as legendas em inglês( Aproveite para dar uma treinadinha......hehehe !!!!! )

Passando pelo blog do Juca Kfouri me deparei com um interessante texto enviado por um leitor. O texto nada mais é do que a transcrição traduzida onde o comediante americano Bill Maher faz uma analogia interessante do Capitalismo, representado pela MLB (Liga de Baseball), e o Socialismo, representando pela NFL (Liga de Futebol Americano). Isso tudo no que diz respeito a divisão da receita paga pela mídia pelos direitos de transmissão dos jogos.
Leia o texto na integra para entender melhor. Tradução de Fabrício Azevedo, para o Blog do Juca.
“Com o Superbowl, os americanos precisam perceber o que faz o futebol da NFL tão bom – SOCIALISMO.
Isso mesmo, a NFL tira o dinheiro dos times ricos e distribui para os mais pobres, exatamente como o Presidente OBAMA quis fazer com seu exército secreto de voluntários da ACORN (uma associação que ajuda pessoas carentes nos centros urbanos que os republicanos conseguiram destruir).
Green Bay, em Wisconsin, tem uma população de 100.000.
Porém essa pequena cidade pacata, as margens do rio sei-lá-o-nome teve a mesma chance de chegar ao Superbowl do que o New York Jets, que no próximo ano precisam só se calar e jogar (eles fizeram muitas provocações pela mídia e perderam).
(mais…)


Via:Sedentariohiperativo

quarta-feira, 16 de fevereiro de 2011

Richard Dawkins - a Grande Questão.





E a Bíblia???....héin???

Antes que possamos falar sobre a Bíblia, temos que considerar outra pergunta, uma mais profunda e mais importante.
Primeiro temos que considerar Deus.
Ao longo da história, a raça humana sempre buscou Deus. Buscou para achar alguma prova, alguma indicação, um pouco de esperança, o que Deus é; ou o que poderia ser.
Essa procura continua até hoje.
A sabedoria busca encontrar um rastro de Deus na imensidão do espaço eterno, busca alguma indicação através dos longínquos confins do cosmos -- dentro do coração da natureza em si - que existe, ou poderia existir, alguma inteligência guiando -- mesmo que remotamente -- que poderia, talvez, ser Deus. A sabedoria busca, e continua buscando, um rastro de Deus, mas até agora não achou esse rastro.
Neste ponto minúsculo e distante que chamamos de Terra e de nossa casa, e pelos alcances infinitos do espaço, a sabedoria e a ciência acham só natureza e os funcionamentos de natureza. Nada mais!
E ainda assim, enquanto a sabedoria busca e procura por um traço de Deus em vão, a ignorância encontrou Deus. Ou, pelo menos, acredita que encontrou Deus, a ignorância não só achou Deus, mas tem informações diretas sobre o que Deus disse e fez, o que Deus quer, o que Deus pensa, do que Deus gosta, e o que Deus odeia.
A ignorância que achou Deus não tem nada que ver com crentes religiosos hoje. Deus, ou a ilusão de Deus, foi encontrada há muito tempo; na infância da raça humana. A ignorância encontrou Deus muito antes da raça humana achar a ciência; até mesmo antes que a roda fosse inventada, ou o fogo ter sido dominado e se tornado amigo do homem. Naquele mundo estéril, frio e perigoso nossos antepassados distantes se levantaram. A humanidade estava em sua infância e lutava para entender as forças de natureza, escapar de seus inimigos, se alimentar, e se reproduzir. A mente humana estava emergindo da escuridão dos instintos animais para os primórdios da razão. Seu único pensamento: Sobrevivência! Era um mundo perigoso com inimigos, em todos os lugares e sempre.
"Que grande e poderoso era o nosso líder que foi morto na última estação" eles poderiam pensar. "Se somente seu poder estivesse agora conosco, destruiríamos este inimigo facilmente."
"Oh grande líder nos ajude neste tempo de necessidade maior!"
E assim a ignorância criou a fé em face da necessidade.
E Deus nasceu!
Este Deus que a ignorância encontrou, ou inventou, parece em grande parte com um homem. Eles nos falam que ele tem uma face, mãos, intestinos, um pé (talvez dois). Eles nos falam que ele tem narinas e gosta de cheirar as ofertas queimadas em altares primitivos.
[NOTAS: Face: Ex. 33:11,20,23; Num. 14:15. Mãos: Ps. 28:5. Intestinos: Jer. 31:20. Pé: Is. 37:25. Talvez dois pés: Salm. 18:9. Narinas: 2 Sam. 22:9,16. Odor de ofertas quen. 8:2]
Este Deus que a ignorância encontrou ou inventou, também possui emoções e desejos notavelmente humanos. Ele odeia, ama, sente raiva e sente compaixão. Tem os indivíduos favoritos, e um povo escolhido. Este Deus definitivamente é do sexo masculino, e tem tendências masculinas definidas. É freqüentemente bravo, facilmente enfurecido, jura, destrói coisas, faz beicinho, grita, engana, e freqüentemente descansa.
Qualquer esposa reconheceria Deus.
[NOTAS: Odeia: Mal. 1-2,3, Rom. 9:11-13. Amor: Deut. 7:13. Raiva: Ex. 4:14. Compaixão: Ps. 111:4. Favorito: Ex. 3:21. As pessoas escolhidas: Is. 44:2. Bravo: Deut. 9:20, 1 Rei. 11:9, etc. Enfurecido: 1 Sam. 6:19. Jura: Gên. 12:3. Destrói coisas: Gên. 6:17. Faz beicinho: Ex. 32:9-10. Grita: Salm. 47:5. Engana: Jer. 20:7. Descansa: Gên. 2:2]
Este Deus que foi encontrado por pessoas primitivas e ignorantes há alguns milhares de anos atrás, acabou tendo a mesma perspectiva mundial, e as mesmas convicções sobre natureza que as pessoas que o encontraram. Este Deus pensou que o Sol girava ao redor da Terra, e que um dia poderia ser feito mais longo simplesmente parando o Sol durante algum tempo. É verdadeiramente surpreendente, o número de semelhanças que há entre as crenças de Deus, e as crenças das pessoas que o descobriram.
[NOTA: Parando o sol: Jos. 10:12]
Estas pessoas tinham pensamentos primitivos e eram possuidoras de habilidades, assim como o Deus que elas encontraram. Este Deus deu instruções por construir um barco, ele projetou roupas para os padres, deu a fórmula para um perfume, era um alfaiate e fez casacos de peles. Este Deus também fez muitas leis simples e freqüentemente tolas, leis que são chamadas "Mandamentos." E Deus fez muitas outras coisas todas muito humanas, e muito peculiares ao tempo e às pessoas que descobriram Deus primeiro.
[NOTAS: Barco: Gên. 6:14-18. Projetou roupas para os padres: Ex. 28:39. Fórmula para perfume: Ex. 30:34-35. Fez casacos de pele: Gên. 3:21]
Mas de todas as coisas humanas que é dito que Deus fez, a coisa mais importante de todas, que nos contam, era escrever livros, ou guiar a mão e mente dos que escreveram. São os livros que dizem que ele escreveu ou que causou sua escrita, que serão considerados esta noite.
A história que contei sobre a descoberta de Deus não é única. Os antropólogos concordam que ela aconteceu muitas vezes, e em muitos lugares diferentes. Sempre que as pessoas primitivas precisaram de um Deus elas sempre acharam um, feito sob medida. Era o Deus deles mesmos, e sempre se assemelhando a eles em grande proporção. O Deus sempre teve os mesmos inimigos e as mesmas moralidades, da mesma forma que as pessoas que o acharam, e muitos desses Deuses eram os autores; Eles escreveram livros.
Eu não teria nenhuma dificuldade, se estivesse em uma parte muçulmana do mundo, em convencer as pessoas de lá que a Bíblia Cristã não é "a palavra de Deus." Se eu estivesse falando a budistas, hindus, ou às pessoas de qualquer outra religião eu não teria nenhuma dificuldade em provar, para a satisfação delas, que a Bíblia Cristã não é a palavra inspirada de Deus.
Mas estou numa parte do mundo dominada por Cristãos. E estando em uma parte Cristã do mundo, sinto que eu não teria nenhuma dificuldade em convencer a maioria de vocês que os livros sagrados muçulmanos são falsos, e que esses livros não são a verdadeira palavra de Deus. Você tenderia a concordar que todas essas outras pessoas que têm outros Deuses e outros livros religiosos são enganadas. Você tenderia a concordar que elas foram mal informadas, ou até mesmo que foram enganadas. Pareceria que as pessoas em outras partes do mundo são levadas tão facilmente a acreditar no que quer que seja aceito em sua parte do mundo. Elas acreditam tão facilmente em falsos ídolos. Apenas nós, que por acaso nascemos na parte Cristã do mundo, temos a "verdadeira verdade." Bem, a maioria de nós temos. Há, claro, os judeus, e esses terríveis velhos Ateus, e muitos outros que recusam aceitar a "verdade" da Bíblia Cristã.... mas esses não contam.
Vamos ignorar os não-Cristãos entre nós e supor que a religião Cristã -- e a Bíblia, sejam totalmente aceitas nesta parte do mundo. O ponto é simplesmente este: a verdade é geográfica? As mesmas coisas que são verdade no Irã não deveriam ser também verdades na Índia, Japão, África, Canadá, e no resto do mundo? Deveria ser assim, não é? Verdades científicas são universais, por que verdades religiosas não são universais? É razoável supor que só nós estamos certos e todo o resto do mundo errado? Que somos os únicos que temos o verdadeiro Deus e o verdadeiro livro da "palavra de Deus"?
Pode o Deus simples da Bíblia Cristã que é tão parecido com um homem que é tão parecido com as pessoas que primeiro encontraram Deus, pode ser este Deus que a sabedoria busca? A sabedoria conhece bem o Deus que a mente primitiva encontrou. A sabedoria conhece bem a Bíblia, e a todos os outros livros divinos, conhece todas as religiões construídas baseadas nesses livros e nesses Deuses; e ainda assim a sabedoria e a razão continuam buscando Deus, ou até mesmo um rastro de Deus.
Uma vez que a idéia "Deus" era estabelecida numa tribo, era passada de geração para geração, os filhos foram ensinados a acreditar como os pais acreditavam, e os filhos dos filhos foram ensinadas acreditar por sua vez. Da mesma maneira que fomos ensinados acreditar no que nossos pais acreditaram. As crianças foram sempre ensinadas a acreditar, mas nunca a questionar.
E assim Deus se tornou uma suposição auto perpetuante.
Em nossa parte do mundo a Bíblia Cristã domina. Nestes países há muitas pessoas que acreditam que a Bíblia é "a palavra inspirada de Deus." Eles foram ensinados a acreditar que aquele livro é a fundação de nossas leis, a essência da justiça, a fonte de nossa liberdade e até mesmo de nossa civilização. Eles acreditam que ela promete derrotar a morte e dá esperança de outro mundo onde a felicidade será deles para toda a eternidade.
Queria eu que isso fosse verdade.
Essas pessoas não leram a Bíblia, ou leram com a mente fechada. Elas não vêem a ignorância, a injustiça, o ódio da liberdade, a intolerância religiosa, as perseguições e a imoralidade bruta que estão na Bíblia.
Elas se lembram do céu, mas elas se esquecem do inferno.
Não é de leve que tomo a tarefa de provar que a Bíblia não pode ser a palavra de Deus. Se as promessas, mesmo falsas, fossem úteis à humanidade, eu as ignoraria em silêncio. Mas elas não são benéficas! "Livros santos" nunca foram uma ajuda à humanidade, e nunca serão. De fato eles estão ficando mais perigosos diariamente. O historiador honrado sabe que livros religiosos são, e sempre foram, um grande fardo para a raça humana. E apesar de todo nosso conhecimento moderno esses livros velhos continuam causando ódio e guerras até hoje.
Assim temos que examinar a Bíblia Cristã, não porque é muito diferente de outros livros religiosos, de outras nações e de outros Deuses, mas porque é o um livro que foi feito para dominar nossa sociedade através da doutrinação. Fomos ensinados a acreditar nisto na infância, e proibidos de questionar isto na maioridade. Isto põe em perigo o nosso mundo moderno, evita a maturidade intelectual e limita o âmbito de nossos pensamentos com lendas primitivas.
A Bíblia Cristã é "A palavra inspirada de Deus"? Vamos pensar cuidadosamente no que esta afirmação deve significar. Com esta afirmação vem a conclusão óbvia que a Bíblia deve ser "Divinamente perfeita." Significa dizer que a Bíblia deve ser mais perfeita que qualquer mera mente humana pudesse fazer. Qualquer engano nesse livro, qualquer erro ou contradição, de fato ou forma, provaria que este livro não pode ser a "palavra inspirada de Deus."
Não só a Bíblia seria perfeita em si mesma, mas estaria igualmente clara e compreensível a toda mente humana, e toda pessoa entenderia nela exatamente o mesmo.
Talvez você sinta que estou exigindo muito de um mero livro. De um Deus que pôde criar a compreensão humana, não se pode esperar que produza um livro que concorde com sua criação?
Pessoalmente, acredito que está se pedindo muito de nós, em acreditar que Deus escreveria, ou inspiraria, um livro no qual a humanidade não pôde concordar em sua interpretação. Um livro que causou guerras infinitas, perseguições, tortura, fanatismo e ódio. Um livro que é tão ininteligível que não só faz "os não-crentes" rejeitá-lo, mas aqueles que acreditam que ele é a verdadeira palavra de Deus, não podem concordar em sua interpretação. Há centenas de seitas Cristãs diferentes só nos Estados Unidos, e isso não inclui os milhares de incontáveis indivíduos em particular que têm sua própria interpretação pessoal da Bíblia.
O próprio fato deste debate, ou qualquer debate sobre a Bíblia, é prova irrefutável que a Bíblia não pode ser "a palavra de Deus."
É reivindicado freqüentemente por teólogos que as escrituras originais estavam perfeitas, mas que a Bíblia perdeu sua perfeição por erros de cópia e por ser traduzida em vários idiomas. Impossível! Não pôde haver uma cópia defeituosa ou tradução de um livro perfeito que fosse perfeitamente compreendido pelo tradutor. Deus não permitiria isto!
Se é que há um Deus.
Há muitas versões da Bíblia Cristã e há muitas interpretações contraditórias em cada versão. Não só pelos crentes Cristãos comuns e clérigos, mas por esses estudiosos que gastaram suas vidas inteiras estudando as escrituras. Tal confusão não é o trabalho de Deus.
Desde o mal e a confusão que a Bíblia causou, e continua causando, e desde a natureza primitiva, tola e contraditória deste livro, é evidente que a Bíblia não pode representar a palavra de Deus. Citarei algumas passagens, de uma das muitas versões da Bíblia para mostrar por que rejeito a Bíblia. Citarei a versão do Rei Jaime, como a li e como a entendo. Não sou tolo o bastante para acreditar no que entendo a Bíblia para dizer, é o que a Bíblia diz. Considerando as numerosas versões e interpretações da Bíblia, fico surpreso que haja qualquer pessoa na Terra tola o bastante para acreditar que sua interpretação da Bíblia é a correta; que alguém sozinho, de alguma maneira, tropeçou no verdadeiro significado da Bíblia, enquanto todos os outros crentes, não-crentes, ministros, padres, estudiosos e infiéis interpretaram mal, e entenderam mal, a Bíblia.
Algumas pessoas dizem há mais de duas mil auto-contradições na Bíblia, algumas outras pessoas dizem que elas não podem achar nem uma sequer. Tudo que posso fazer neste momento, é mostrar algumas, das muitas, que a mim parecem contraditórias.
Começarei com a primeira ordem que Deus deu para os homens; aquela onde nenhum Cristão Fundamentalista alguma vez quebrou.
Gênese 2: versos 16-17 lê-se: "E o Senhor Deus, comandou o homem e disse "de toda árvore do jardim tu podes comer livremente: (17) Mas da árvore do conhecimento do bem e do mal, tu não deves comer: pois no dia que tu comeres tu irás certamente morrer."
De acordo com a Bíblia, o homem, Adão, não morreu no dia que ele comeu da árvore proibida. A Bíblia diz que Adão e Eva foram expulsos do jardim e; Gênese 5: verso 5 lê: "E todos os dias que Adão viveu eram novecentos e trinta anos; e ele morreu."
Mas, como entendo a Bíblia, ainda há outra contradição a Gênese 2: verso 16-17.
Em Gênese 3: verso 22-23 Deus parece estar falando a alguns outros Deuses e li isto dizendo: (22) "E o Senhor Deus disse, observe, o homem tornou-se como um de nós, ao conhecer o bem e o mal -- para que ele avance sua mão, e também tome da árvore de vida, coma, e viva para sempre; (23) então o Senhor Deus o enviou do jardim de Éden para cultivar o solo do qual ele foi tirado."
Em Gênese 2:16-17, Deus disse "de toda árvore do jardim tu podes comer livremente mas da árvore do conhecimento..." Agora, em Gênese 3:22-23 achamos que ainda há outra árvore no jardim que foi proibida; a árvore de vida.
Conforme leio a Bíblia, parece que a palavra de Deus não pode ser confiada como nesta, aparente, contradição:
Êxodo 33: verso 20, é dito que Deus disse: "Tu não podes ver minha face; por isso nenhum homem pode me ver e viver."
Êxodo 33: verso 22 lê: "E o Senhor falou cara a cara com Moisés, como um homem fala com seu amigo."
Isso parece uma auto-contradição para mim, mas como disse, a Bíblia é obviamente incompreensível, e você pode não ver nada de estranho nas duas declarações afinal de contas. Eu poderia gastar o resto da noite dando as contradições que são encontradas no Velho Testamento, assim tenho que pular o resto.
E quanto ao Novo Testamento, há contradições também nele? Bem, alguns dizem obviamente que há muitas contradições no Novo Testamento, e há outros que dizem que não há nenhuma. Só posso lhe contar o que esse livro me diz.
Conforme leio o Novo Testamento encontro a primeira contradição bem no primeiro verso, bem no primeiro capítulo, do primeiro livro do Novo Testamento.
Em Mateus 1: verso 1, leio. -- "O livro da geração de Jesus Cristo, o filho de Davi, o filho de Abraão." E depois daquele verso vem uma longa linha de "pai de fulano, filho de fulano" até chegarmos ao verso 16, que se lê: "E Jacó é o pai de José o marido de Maria, de quem nasceu Jesus que é chamado de Cristo."
Agora se o José não foi o pai natural de Jesus, mas só o marido de Maria, como Mateus 1:16 diz, então Mateus 1, 1 a 16, não é, não pode ser, "a origem de Jesus Cristo, como é declarado no primeiro capítulo, primeiro verso de Mateus.
Mas se o José é o pai natural de Jesus, como está implícito em outros versos da Bíblia, então a história de que Jesus nasceu de uma virgem é uma contradição. Aquela lenda está em Mateus 1:18 e lê: "Agora a origem de Cristo estava neste modo. Quando Maria sua mãe ficou noiva de José, antes que eles ficassem juntos ela descobriu estar grávida pelo Espírito Santo."
Também, e mais importante, se Jesus nasceu de uma virgem e não era descendente de Davi, então as palavras de Pedro em Atos 2:29-30 são falsas. Em Atos 2:29-30 diz Pedro: "homens e irmãos, deixem-me falar livremente a vocês sobre o patriarca Davi, que ele está morto e enterrado, e seu sepulcro está conosco até este dia. (30) sendo então um profeta, e sabendo que Deus tinha jurado solenemente a ele, que o seu descendente, de acordo com a carne, ele criaria Cristo para se sentar em seu trono;"
Agora temos uma "bela feijoada." Se Jesus é o filho de Deus pelo "Espírito Santo," como é declarado em Mateus 1:18-20, então ou ele não é o Cristo, ou Deus "jurou solenemente" uma mentira a Davi. Ou então, Jesus é o filho de José, filho de Davi, filho de Abraão, e assim poderia ser o "Cristo"; entretanto ele não pode ser o filho de Deus pelo Espírito Santo, e não poderia ter nascido de uma virgem.
Novamente eu poderia passar a noite inteira comentando as contradições que aparecem no Novo Testamento. Mas como estamos falando de um livro que é dito ser a palavra de Deus, precisamos apenas de uma só contradição, em qualquer lugar na Bíblia para provar que ela não é a palavra e o trabalho de Deus.
Se é que há um Deus.
A Bíblia não pode ser verdade já que ela constantemente se contradiz. Ainda ela poderia ser uma inspiração à boas moralidades e conduta apropriadas. Assim vamos ver o que a Bíblia diz sobre bondade, justiça, generosidade, moralidade e respeito à família, amigos e vizinhos.
Vamos olhar algumas das moralidades sexuais que estão na Bíblia. Começarei com Gênese 19. Conforme leio a história, dois "anjos" são os convidados na casa de Ló, quando "os homens da cidade" vêm para a casa e em Gênese 19:5-8 lê: "E eles chamaram Ló, e disseram, onde estão os homens que vieram até você esta noite? Traga-os até nós, para que possamos conhecê-los. (6) e Ló saiu, fechou a porta: (7) e disse, eu rezo a vocês, irmãos, não sejam assim maldosos. (8) Veja agora, eu tenho duas filhas que ainda são donzelas; eu vo-las trarei, e vós usais delas como for do vosso gosto; só não faça nada a estes homens, porque eles vieram à minha casa como um lugar de segurança."
Naturalmente, não posso saber o que isso diz para outros, mas a mim parece dizer: "Veja agora, eu tenho duas filhas que ainda são donzelas; eu vo-las trarei, e vós usais delas como for do vosso gosto;".
Que tipo de pai ofereceria suas filhas a uma turba a ser usada como eles quiserem? Serei honrado com você, se você fosse um convidado em minha casa, eu o protegeria com todo meu poder, mas se viesse ao ponto de escolher entre você ou minhas crianças, seria você. E esperaria o mesmo, se fosse sua escolha entre suas filhas ou eu. Se fosse o próprio Deus, se é que há um Deus, ele iria antes de minhas filhas. Não sou um Cristão. Sou muito a favor da família, meus filhos inocentes vêm primeiro.
Mas isso não é o fim da história, ela continua e piora. Em Gênese 19:31-32, estão falando as filhas de Ló: "E a mais velha disse á mais jovem, Nosso Pai é velho, e não há um homem na terra com quem possamos casar, segundo o costume de todoo mundo: (32) venham vamos fazer nosso pai beber vinho, e deitaremos com ele, que podemos preservar a semente de nosso pai."
E esta história indigente vai até Gênese 19:36 lê: "Assim estavam ambas as filhas de Ló esperando um filho de seu pai."
Agora sei que isso não é o que a Bíblia diz a você que acredita que ela é "a palavra de Deus." Mas a, mim, parece dizer: "Assim estavam ambas as filhas de Ló esperando um filho de seu pai." A mim essa história é pura obscenidade, mas outros dizem não há nenhuma sujeira, e nenhuma imoralidade, na Bíblia, assim não sei o que aquela história diz a outros, mas a mim é pura sujeira. E, a mim, obscenidade não pode ser uma parte de "a palavra de Deus."
Há muitas histórias na Bíblia Cristã que acredito ser sujeira imoral, pura. mas esta servirá como um exemplo para o resto. Afinal de contas, estamos considerando a Bíblia como "a palavra de Deus," precisamos apenas de uma só história "ruim", só uma contradição, só uma mentira ou injustiça, provar a Bíblia não é a "palavra de Deus."
Vamos considerar a justiça de Deus como registrada na Bíblia.
XXX O Rei Davi obteve uma das suas muitas esposas por seqüestro, estupro e assassinato. A história está no segundo livro de Samuel, capítulo 11, e verso 4 e se lê: "E o Davi enviou os mensageiros, e a levou; e ela entrou com ele e ele se deitou com ela..." Espero que você me perdoe por repetir tais histórias imundas, mas isso é o que a Bíblia diz. A história continua e Bathsheba está grávida. Davi tem o marido dela, Uriah, morto e no verso 26 e 27 lemos: "E quando a esposa de Uriah ouviu que Uriah seu marido estava morto, ela lamentou por seu marido. (27) e quando o luto passou, Davi a trouxe para sua casa, e ela se tornou sua esposa, e deu a ele um filho. Mas a coisa que o Davi tinha feito descontentou o Senhor."
Bom! Agora teremos uma chance para ver a justiça de Deus em ação. Como Deus castigou o Davi para esses crimes mais terríveis? Como você acha que um homem tão terrível deveria ser castigado? Bem, o castigo de Deus para os crimes de Davi pode ser lido no segundo livro de Samuel, capítulo 11, verso 15, lê: "E o Senhor golpeou a criança que a esposa de Uriah teve de Davi, e esta estava muito doente." e verso 18 lê: "E veio passar no sétimo dia, que a criança morreu." Acredite se quiser; a idéia de justiça de Deus para o assassinato do marido de Bathsheba, era para o próprio Deus assassinar o bebê inocente de Bathsheba. Isso é a justiça de Deus de acordo com a Bíblia Cristã.
Não sei o que esta história diz a um crente Cristão, mas se é para dizer o que entendo da Bíblia, é o que ela diz, teria que ser muito privado de mente para acreditar que a Bíblia é "a palavra de Deus."
Vamos considerar os Mandamentos de Deus, de acordo com a Bíblia. Não há apenas dez Mandamentos, como muitas pessoas parecem acreditar, mas centenas. Há nada menos que 73 capítulos cheios de Mandamentos de Deus. E um Deus sendo o que um Deus é, todo Mandamento tem que receber a mesma obediência como todo outro Mandamento. Agora, vamos ver o que Deus Mandou.
Êxodo 22:18 lê: "Tu castigarás de morte aqueles, que usarem de sortilégios, e de encantamentos." Quando o Cristianismo teve poder estas oito palavras causaram a morte de centenas de milhares de pessoas inocentes que foram torturadas e queimadas vivas. Esse Mandamento é do mesmo grupo, como uma versão dos, assim chamados, Dez Mandamentos.
O Mandamento de Deus em Êxodo 21:2 se lê "Se tu comprares um escravo hebreu, ele te servirá seis anos,: e no sétimo ele será libertado de graça..." Êxodo 21:4 lê "Se o seu senhor lhe deu uma esposa, e ele teve dela filhos ou filhas; a esposa e as crianças dele serão de seu senhor e ele escravo sairá apenas com suas roupas do corpo." Lembre-se, que estas são as Ordens de Deus, e a justiça de Deus, de acordo com a Bíblia. Êxodo 21:5-6 se lê "E se o escravo disser claramente, amo meu senhor, minha esposa, e minhas crianças: Não sairei livre: (6) então o mestre o trará até os juizes... e o mestre dele furará a orelha dele por com um sovela; e ele o servirá sempre."
A Bíblia sempre apoiou a escravidão, e sempre foi o maior obstáculo à justiça e ao progresso humano no mundo.
Outra das Ordens de Deus é Deuteronômio 13:6-8, onde se lê: "Se teu irmão, o filho de tua mãe. Ou teu filho, ou tua filha, ou tua esposa a quem trazes no teu seio. Ou teu amigo a quem amas como a tua alma, te quiser persuadir, dizendo-te em segredo, vamos servir outros Deuses que tu desconheces e teus pais desconheceram, (7) isto é, dos Deuses das pessoas que estão perto de ti, ou longe, desde uma extremidade da terra até a outra (8) não esteja para o que ele te diz, nem o ouças; nem o teu olho lhe perdoe de modo que tenhas compaixão e o encubras (9) mas logo o matarás; seja a tua mão a primeira sobre ele para morte, e depois a mão de todas as pessoas. (10) Morrerá coberto de pedras; porque ele quis apartar-te do Senhor teu Deus, que te tirou da terra do Egito da casa da servidão."
Quem disse que Deus era a favor da vida?
Tenho mostrado freqüentemente para cristãos que Cristianismo causou sofrimentos incontáveis ao mundo. A história está tão cheia com guerras Cristãs, perseguições, torturas e queima e ódio que nenhuma pessoa gentil e amável se chamaria um Cristão se eles soubessem a verdade da história Cristã.
A resposta é sempre a mesma: "Como posso eu, ou qualquer Cristão hoje, me sentir responsável pelo que outras pessoas cristãs fizeram no passado?" E ainda, de acordo com o segundo Mandamento de Deus torna os filhos responsáveis pelos enganos, ou crimes de seus pais, "mesmo até a terceira e quarta geração." De fato o conceito inteiro do Cristianismo é baseado em "pecado original," o máximo em culpabilidade hereditária injusta. Não acredito em culpabilidade hereditária. A mesma idéia que nós, da raça humana nascemos em pecado por causa de algum pequeno engano que é dito que Adão tenha feito é tolo. Não! É mais que tolo, é loucura. Tal loucura não é de Deus.
A mesma idéia que Deus teria que nascer de uma virgem, ou qualquer outra coisa, e então ter que ser assassinado pela raça humana para perdoar a humanidade, está muito louco. Acredito que um Deus faria do mesmo modo que você faria se seu filho tivesse sido malcriado, e você teria ficado chateado durante algum tempo. Você não diria à aquela criança: "Traga-me um martelo e bata em minha mão, com força, para que eu possa perdoar a travessura que tu fizeste."
Não! Você iria até a criança, e a tomaria em seus braços, e você falaria para seu filho que você o ama com todo seu coração, e que você nunca poderia realmente ficar bravo com ela. Que ela significa mais para você que sua própria vida. Isso é o que você faria, ou deveria fazer: Isso é o que eu faria, e qualquer livro que diz Deus faria qualquer outra coisa, simplesmente não pode ser a palavra de Deus.
Não devemos ser escravos de uma superstição primitiva. Não devemos ter medo de pensar, questionar e investigar. Temos que fazer nossas mentes livres: Levante-se de seus joelhos, se levante em seus próprios pés, eleve sua cabeça, abra seus olhos e começa a usar sua mente. O uso da mente humana nos elevou acima de todos os outros animais e fez a raça humana mestre da terra inteira. A mente humana--razão--é a única esperança que temos de sobreviver em nosso moderno e atômico, mundo. Temos que aprender usar nossas mentes.
Há boas notícias esta noite: Espalhe as boas notícias!
Nossas mentes agora são livres para raciocinar; 
Autor: Emmett F. Field
Fonte: STR

Algumas coisitas....

                                        Se Você Não Pecar,Jesus Morreu Por Nada.


                                                        Estão Te Manipulando

domingo, 13 de fevereiro de 2011

Somos um só corpo no Universo.

WWF - We Are All Connected from Troublemakers.tv on Vimeo.

Zeitgeist:Moviment Forward





“O Movimento Zeitgeist não é um movimento político. Ele não reconhece nações, governos, raças, religiões, credos ou classes. Nossos entenderes nos levam à conclusão de que essas distinções são falsas e ultrapassadas, e estão longe de ser fatores positivos para o verdadeiro potencial e crescimento humanos coletivos.Este movimento tem a ver com a conscientização em defesa de um progresso evolucionário fluido, tanto pessoal como social, tecnológico e espiritual. Ele reconhece que a espécie humana está num caminho natural para a unificação, oriundo de um reconhecimento comunal de compreensões fundamentais e quase empíricas de como a natureza funciona e de como nós, enquanto humanos, nos encaixamos/somos parte deste desdobramento universal que chamamos de vida.
O objetivo é revisar nossa sociedade mundial de acordo com o conhecimento atual em todos os níveis, não apenas conscientizando sobre as possibilidades sociais e tecnológicas que muitos foram condicionados a pensar serem impossíveis ou contra a “natureza humana”, mas também para fornecer meios de superar esses elementos que perpetuam estes sistemas obsoletos na sociedade.”
Para ver a legenda em português do Brasil basta apertar em CC e descer a barra vermelha no canto superior direito até achar Português- Brazilian.

Direto do SedentarioHiperativo

sábado, 12 de fevereiro de 2011

Google + Karaokê = Googleokê

Clique aqui prá conhecer....Interessantíssimo !!!!

Sinestesia - Faça um teste.

Como Jogar "Sinestesia"

  1. Observe a palavra grande, que representa uma cor, e preste bastante atenção na cor do texto.
  2. Escolha a alternativa, na parte inferior, que descreve a cor da palavra mostrada acima.
  3. Exemplo: VERMELHO  e embaixo escolha AZUL,mesmo estando em outra cor.Ok??
No final, é mostrada a sua idade mental, calculada a partir do tempo de resposta e dos acertos conseguidos.
É normal se confundir um pouco no começo, até adquirir a agilidade mental necessária para resolver esse problema.
Quanto menor a sua idade mental, melhor.
Clique aqui

sábado, 5 de fevereiro de 2011

A Arte de Morrer

A lenha se transforma em cinza.
A cinza não se transforma em lenha novamente.
Mas não devemos pensar que a cinza é depois e que a lenha é antes.
Saiba que a lenha tem a sua posição no darma*, de lenha, e assim, sendo lenha tem seu passado e seu futuro.
Embora tenha passado e futuro, atravessa passado e futuro.
A cinza está em sua posição do darma* de cinza e tem seu passado e futuro.
Assim como a lenha, depois de se tornar cinza, não volta a ser lenha novamente, da mesma maneira uma pessoa, após a morte, não volta à vida.
Por isso não dizemos que a vida se transforma em morte.
Este é o caminho estabelecido do Darma* de Buda.
Por esta razão é chamado de não nascido.
A morte não se torna vida.
Este é o estabelecido girar da roda do Darma* de Buda.
Por esta razão é chamado de não morto.
A vida tem o seu próprio tempo: começo, meio e fim.
A morte tem o seu próprio tempo: começo, meio e fim.
Por exemplo, é como inverno e primavera.
Não pensamos que o inverno se torna primavera.
Não dizemos que a primavera se transformou em verão.

(Shobogenzo Genjokoan de Mestre Eihei Dogen -1200-1253)
(mais…)

Via: Sedentariohiperativo

Homeopatia: Feito de Nada.



Quem vigia o Ceticismo Homeopata Alheio?

Olá crianças,
Fiquei sabendo de um protesto bizarro que os ateus e céticos pretendem fazer Contra a Homeopatia amanhã (provavelmente o Kentaro deve falar alguma coisa) mas que me levantou várias dúvidas existenciais… Os sujeitos pretendem tomar “overdoses de homeopatia” e esperar que nada aconteça para “provar que nao tem nada ali”. Ok… Samuel Hahnemann escreveu em 1801 que tanto faz tomar algumas gotas ou um frasco inteiro a cada aplicação, visto que a eficácia estaria dentro do próprio corpo da pessoa através da reação energética a este medicamento, então se você não tem a doença, não importa quanto vai tomar daquele remédio, ao contrário da alopatia; mas tanto faz… eu não dou a mínima se funciona ou não; o ponto é outro.
(mais…) Via: Sedentariohiperativo...imperdível !!!!